Nos dias atuais, a internet nos proporciona uma gama enorme de oportunidades; a prova disto é o constante crescimento de novos negócios na rede todos os dias. Em um cenário competitivo, milhares de empresas disputam espaço e cliques de potenciais compradores no intuito de melhorar os seus resultados.

O fato é que muitos empresários quando buscam a internet para divulgar a sua empresa, muitas vezes seguem por caminhos incertos e que não trazem resultados efetivos.

Atrair o cliente para a sua empresa não consiste em basicamente criar uma fã page no Facebook e postar informações sobre os seus produtos para um grupo de pessoas. Uma presença online forte, vai muito além disso.

Na internet, pra você alcançar o verdadeiro sucesso, você precisa literalmente, estar onde o seu cliente está; por isso, hoje eu quero destacar alguns pontos importantes para você que precisa dar um up nos seus resultados e levar o seu negócio a um novo patamar.

Como empresário ou dono de um negócio, ao ler este artigo você terá em mãos a oportunidade chave para ser visto pelos seus clientes e com isso levar o seu produto a milhares de pessoas. O resultado disto? Maiores possibilidades de vendas.

Para iniciarmos, eu quero te fazer algumas perguntas:

  • O seu cliente pesquisa informações no Google?
  • O seu cliente possui um Facebook ou qualquer outra mídia social?
  • O seu cliente tem dúvidas sobre um problema que o seu produto resolve? Ele busca estas informações na internet?
  • O seu cliente recebe e-mails?

Se você respondeu “SIM” para qualquer uma destas perguntas, eu posso te afirmar com toda certeza que você tem inúmeros potenciais clientes usando a internet todos os dias. Agora a pergunta é, estes possíveis clientes, tem visto a sua empresa?

Você já parou para analisar quantos clientes está perdendo para os seus concorrentes simplesmente porque eles não sabem que você existe? Afinal, você não aparece pra eles.

É exatamente sobre isso que eu vou falar nos próximos tópicos; o objetivo deste artigo é te mostrar que a única forma de ser visto, é construindo uma presença online forte e eficiente. Você precisa estar onde o seu cliente está.

Uma presença online que gera resultados não se cria sem uma estratégia correta; você precisa saber exatamente o que fazer e como fazer para que o seu cliente possa te enxergar.

É exatamente isso que eu vou te mostrar agora. Você irá conhecer os 4 pilares essenciais para vender mais usando a internet.

Vamos lá?

UMA PRESENÇA ONLINE QUE GERA RESULTADOS

Quando falamos de ser encontrado, falamos não apenas de ser encontrado nos mecanismos de buscas mas de estar presente de fato, nos lugares que o seu cliente está. É ai que entram os 4 pilares de uma presença online.

Busca, Conteúdo, E-mail e Social.

Este é um dos tópicos que considero de maior valor e importância neste artigo pois se você tiver uma presença online muito bem estruturada, as chances de você aumentar as suas vendas dentro de dias são enormes. Por isso, sugiro que você preste bem atenção em cada etapa que vamos tratar agora, tudo bem?

BUSCA

Certamente, o carro chefe quando falamos do mundo online. Nos dias em que vivemos a busca na internet se tornou uma das maiores práticas de pessoas em todo o mundo.

Para ilustrar, pense que se você precisa contratar uma empresa de instalação de box para banheiros e você não conhece nenhuma, para onde você irá recorrer? O Google, é claro.

Não importa, seja para procura de um serviço ou apenas uma curiosidade; o Google será a ferramenta usada por qualquer usuário que precisa de uma informação.

O ponto aqui é, se você for esta empresa que faz instalação de box em banheiros e eu seu cliente, eu te encontrarei quando buscar pelo seu serviço?

Aqui muitas empresas perdem clientes e muito, muito dinheiro todos os dias, simplesmente porque não aparecem nos mecanismos de buscas. Qualquer empresário que quer aumentar as suas vendas precisa ter em mente que aparecer nos mecanismos se buscas é muito mais do que uma indicação, é uma obrigação.

Todas as vezes que alguém pesquisa pelo seu produto ou serviço e você não é encontrado, tenha certeza, você está perdendo vendas e enchendo o bolso dos seus concorrentes.

Para te ajudar neste entendimento, responda as questões abaixo:

  1. Você é encontrado quando um cliente pesquisa no Google pelo seu nome?
  2. Você é encontrado quando um cliente pesquisa pelo seu produto ou serviço?
  3. Na internet, você é reconhecido como autoridade no ramo em que atua?
  4. Você possui uma audiência e seguidores com potencial de serem clientes?

Se você respondeu NÃO para qualquer uma destas perguntas, certamente o seu negócio está deixando de crescer. Quem sabe até esteja perdendo espaço no mercado, uma vez que seus concorrentes que são encontrados então vendendo para clientes que deveriam ser seus.

Mas não se preocupe, eu vou te mostrar como você pode resolver isso.

O princípio de qualquer negócio na internet consiste em ter um SITE com todas as informações sobre o seu negócio e sobre os seus produtos. Isso com certeza você já sabe; a questão é que um website hoje em dia não basta ser apenas institucional, mas deve ser o que chamamos de “site vendedor“.

Um site vendedor é um site que é estruturado especificamente para gerar tráfego e conversões, ou seja, ele precisa atrair visitantes e vender o seu produto. Afinal, o que adianta ter um site se ninguém acessa? Ou pior, o que adianta ter um site que não é capaz de vender o seu produto?

Acredite; a pior coisa para uma empresa é ter um site onde o cliente entra e sai, sem interesse algum no seu produto ou oferta.

É ai que entram um conjunto de boas práticas que são adotadas em toda estrutura do site, na qual chamado de SEO (Search Engine Optmization), ou se preferir, “Otimização dos motores de busca“.

Consiste basicamente em aplicar ao site algumas boas práticas para que ele seja visto nos mecanismos de buscas. Toda empresa que quer vender mais, precisa ter um site otimizado na web. Quando o seu cliente pesquisar pelo seu serviço, você PRECISA ser encontrado.

Quando falamos de SEO, falamos de um conteúdo estreitamente técnico; portanto a minha recomendação aqui é que você verifique com um profissional da sua confiança se o seu site está otimizado e está visível nos mecanismos de buscas.

Caso contrário, você está perdendo clientes dia após dia.

CONTEÚDO

Quando falamos de conteúdo, nós falamos da internet. A Internet é puro conteúdo; por onde quer que você olhe, ela está recheada de informações, histórias, dicas, noticias e por ai vai.

O fato é que conteúdo na internet é consumido 24 horas por dias, 7 dias por semana, 365 dias por ano. Em todo tempo, milhares e milhares de pessoas estão procurando informações sobre diversos assuntos. Muitas delas estão pesquisando informações que você como especialista, conhece melhor do que ninguém.

A sacada aqui está em você fornecer informações relevantes para estas pessoas e posteriormente, fazer a oferta do seu produto. Por exemplo:

Vamos imaginar que você tem uma clínica veterinária e atende inúmeros clientes que precisam cuidar do seu animal de estimação; os seus serviços vão desde a vacinas mais simples como cirurgias e tratamentos mais complexos.

Fazendo aqui uma rápida pesquisa no Google, podemos ver o que as pessoas estão buscando de informações; vamos a alguns exemplos:

conteudo-exemplo

Perceba que existem pessoas pesquisando no Google a respeito de diversas informações sobre o seu cachorro; ele não quer comer, ele não quer comer ração, ele não para de se coçar e por ai vai.

Imagine agora que você como dono de uma clínica veterinária, possui todas as informações sobre este assunto; você pode ajudá-lo, certo?

Aqui entra a estratégia do marketing de conteúdo, onde você irá usar um BLOG para ajudar os seus potenciais clientes a resolverem um problema específico.

Ou seja, um usuário pesquisa no Google a razão para qual o seu cachorro não quer comer; então você cria em seu BLOG um artigo e diz quais os motivos para que os cachorros não se alimentem, quais as principais causas, quais raças, como resolver este problema e dentre outras informações.

Imagine que se você entrega um bom conteúdo de valor, você vai ganhar a confiança do usuário, uma vez que você está resolvendo o seu problema, certo?

Aqui entra a grande sacada; você entregou um conteúdo de valor para o cliente, conquistou a sua confiança e agora você faz a sua oferta. Usando este nosso exemplo, seria mais ou menos assim:

“Agora que você já sabe porque o seu cachorro não está se alimentando, o que acha de agendar uma entrevista com a nossa clínica para verificar com especialistas o estado de saúde do seu cãozinho?”

Perceba que existe uma chance muito maior deste usuário marcar uma entrevista com a clínica que o ajudou a resolver um problema do que com aquela que ele mal conhece?

A estratégia do marketing de conteúdo é a moeda do século XXI, uma arma extremamente forte e eficaz para atrair novos clientes.

Perceba que quando você se posiciona, começa a aparecer nos mecanismos de buscas e cria um BLOG, você resolve problemas do seu cliente, ganha autoridade, lança a sua oferta e faz a venda.

Imagine isso funcionando 24 horas por dia? Pessoas pesquisando, você resolvendo problemas, vendendo produtos.

Se a sua empresa precisa decolar, ela precisa estar no pilar do conteúdo, vendendo todos os dias e faturando muito mais.

E-MAIL

Uma das ferramentas mais antigas de divulgação de informações e conteúdo, que ainda ocupa o topo dos resultados no que diz respeito a prospecção. Sim, os e-mails são uma ferramenta extremamente poderosa de atração de clientes.

Quando falamos em usar e-mails no mundo digital, falamos diretamente de “e-mail marketing” ou então, “lista de e-mails“.

Consiste basicamente em você ter uma lista de pessoas cadastradas em sua base de dados, interessadas no seu conteúdo e que poderão se transformar em possíveis clientes.

A estratégia da lista de e-mails vai muito além do envio de propagandas ou informações sobre a sua empresa; uma lista de e-mails bem estruturada e que gera resultados é uma lista onde existe um relacionamento por parte da empresa com a sua audiência.

Em resumo, você não passa o dia enviando propagandas como no meio mais tradicional; mas você envia para a sua audiência um conteúdo de valor, que irá ajudá-lo alguma forma estreitando o seu relacionamento com o ele.

Aqui o processo consiste basicamente em três etapas:

Captação, Nutrição e Oferta

Toda lista de e-mails que tem resultados em vendas, precisa destas três etapas. Você irá entender exatamente qual a função de cada uma.

CAPTAÇÃO

Nesta etapa você cria a sua lista e trabalha com a captação de novos e-mails. Ou seja, você faz com que pessoas interessadas no seu produto ou serviço lhe entreguem o seu e-mail.

Diferente do SPAM, onde os usuários recebem e-mails não permitidos, aqui somente pessoas que te deram autorização receberão o seu conteúdo, isto é, você só envia para quem realmente que ouvir você.

Existem inúmeras formas de realizar a captação de novos e-mails; atualmente a mais efetiva consiste em você oferecer algo de valor ao cliente em troca do e-mail. Este trabalho é feito por um Imã Digital.

Um imã digital pode ser um e-book, um artigo, uma vídeo-aula, uma planilha no Excel ou qualquer outro conteúdo digital que seja relevante para a sua audiência. Não tem segredo, você oferece o seu imã e em troca, o usuário deixa o seu e-mail.

A ideia aqui é que você entregue o imã para o usuário e ao mesmo tempo crie uma base de contatos que poderão ser clientes um dia.

Exemplo:

Você é um fotógrafo e quer criar uma lista de e-mails para gerar novas vendas. O seu produto principal são fotos para casamento. Analisando o seu mercado, você descobre que as pessoas que precisam de um fotografo para o seu casamento tem objeções com relação ao preço cobrado pelos profissionais. Eles acham muito caro e que não é justo cobrar valores tão altos.

Você como profissional, precisa quebrar esta objeção e mostrar para o seu cliente que é possível fazer um ótimo serviço e não gastar um absurdo.

Neste caso, o seu imã digital poderia ser: “Como ter um casamento com fotos inesquecíveis sem gastar um absurdo.”

Imagine que neste imã você descreveria a importância que tem cada um dos seus serviços e como vale a pena cada centavo que o cliente gastaria. Você cria uma solução específica, para um problema específico.

Se você entrega um conteúdo de valor, além de gerar reciprocidade por parte do seu potencial cliente, você tem em mãos um e-mail para trabalhar com as próximas etapas, como a nutrição de leads.

Imagine este processo rodando em escala; todos os dias pessoas consomem o seu imã digital e você tem uma lista de e-mails crescendo. Estamos falando de pessoas interessadas no seu serviço e com enorme potencial de compra.

A partir do momento que um novo e-mail entra para a sua lista, você precisa se relacionar com ele; esta etapa é essencial pois ela irá preparar o seu lead para a oferta.

NUTRIÇÃO

Este é o momento de se relacionar com o seu cliente. Geralmente este relacionamento já se inicia com a entrega do ima digital, quando você pode desejar boas vindas e informar sobre aquilo que ele deverá receber nos próximos dias.

Esta etapa é fundamental para o sucesso de qualquer campanha de e-mail marketing, uma vez que ela terá a função de preparar o seu potencial cliente e despertar a confiança na sua empresa; ou seja, se o seu contato ainda não te conhece, os e-mails se encarregaram deste trabalho.

Você enviará conteúdos relevantes para o seu público e os objetivos podem ser inúmeros; quebrar objeções, resolver problemas, falar sobre assuntos relacionados ao seu produto e muitas outras coisas.

Você precisa ter em mente que realmente precisa entregar algo de valor para a sua audiência, a ponto de gerar nela o interesse da compra; caso contrário, as chances da sua oferta ser bem sucedida serão baixas.

Gosto muito de uma frase que diz o seguinte:

As pessoas não gostam que você venda para elas. Mas lembre-se que elas adoram comprar.

Existe uma diferença grande entre você querer vender um produto, e uma pessoa querer comprá-lo. O objetivo principal em uma lista de e-mails é despertar o desejo de compra na sua audiência.

No momento que você tem em sua lista pessoas querendo comprar de você, bastará apenas enviar uma oferta matadora e as vendas virão.

Com uma lista gerando engajamento e se tornando fã do seu negócio, chegou a hora de você fazer a sua oferta.

OFERTA

Este é o momento onde depois de ter trabalhado a sua lista, você efetivamente vai cumprir o objetivo para o qual ela foi criada, VENDER.

Aqui muitos empresários erram quando nem sempre a sua oferta condiz com todo trabalho de relacionamento que fora feito, ou então quando a oferta não agrada a sua audiência, seja devido a estruturação, valores, conteúdo e etc.

Não adianta ter uma boa lista de e-mails e um bom relacionamento se a sua oferta não está boa. Da mesma forma, não adianta ter uma boa oferta se o seu público não está preparado para recebê-la.

Geralmente as ofertas são realizadas juntamente com uma carta de vendas; uma página que é criada especialmente para convencer o leitor de que o produto vale a pena. A página segue uma estrutura específica que trata dos problemas do cliente e como o produto poderá solucioná-lo.

Existem casos de empresas que fizeram um faturamento de 30 dias de vendas em apenas 5 dias, quando se trabalhou corretamente com a lista de e-mails e a entrega da oferta.

O grande diferencial deste modelo de negócios é que tudo funciona de forma automatizada através de uma sequência de e-mails. Um software de automatização faz todo o processo, desde a entrega do imã até a venda do produto principal.

Se você como empresário quer vender mais todos os dias, você precisa de uma lista de e-mails. Se relacione com a sua audiência, entregue conteúdo de valor, faça a sua oferta e venda o seu produto.

Agora que você sabe a importância de ser encontrado pelo seu cliente, de lhe entregar conteúdo relevante e se relacionar com ele através das listas de e-mails, chegamos a um dos pontos mais importantes que é o pilar “Social“.

Vamos em frente?

SOCIAL

Quando falamos em mídias sociais, falamos de comportamentos e pessoas. São nas redes sociais que elas expressam seus interesses e se relacionam umas com as outras. Dificilmente você conhece alguém que não possui um Facebook ou um Instagram hoje, não é mesmo?

É ai que entra uma enorme janela de oportunidades e possibilidades de negócio. A ideia das mídias sociais dentro de uma campanha de vendas online vai muito mais além do que simplesmente ficar inserindo postagens e informações sobre o seu negócio.

No tópico anterior eu te mostrei uma frase, “As pessoas não gostam que você venda para elas. Mas lembre-se que elas adoram comprar.” Existe uma diferença enorme entre você tentar inserir informações sobre o seu produto e você entregar conteúdos relevantes para depois fazer a oferta.

Hoje muitas empresas simplesmente criam postagens e convidam a sua audiência para compra do produto. Em alguns casos, até irá funcionar mas a conversão é muito mais baixa se comparado com uma estratégia correta de conteúdo.

Você precisa ter uma audiência nas mídias sociais, entregar conteúdos de valor, gerar engajamento com seu público e só depois efetivamente, fazer a sua oferta.

Neste tópico eu vou te mostrar as melhores redes sociais para trabalhar a sua presença online e como você deverá usá-la em suas estratégias.

FACEBOOK

Sem sombra de dúvidas, a rede social mais utilizada em todo o mundo. As empresas que utilizam o Facebook estrategicamente alcançam resultados muito satisfatórios.

Falo “estrategicamente” pois se você como empresário não utilizar um método que realmente gere resultados, você vai perder tempo e dinheiro.

O que eu mais vejo nestes dias são empresas que conquistam alguma audiência e todos os dias postam informações sobre o seu produto. Neste momento eu vou te explicar porque esta estratégia não é mais eficiente como era antigamente.

  1. O número de fãs na sua página não significa grandes possibilidades de vendas; é importante para gerar credibilidade mas este não deve ser o seu foco. Muitas vezes você pode ter 5 mil pessoas que curtem a sua página, mas qual a probabilidade real delas se tornarem clientes? Coloque seu foco em VENDAS.
  2. O tráfego orgânico do Facebook reduziu muito nos últimos anos; antigamente, em uma página com 5000 pessoas, grande parte delas visualizavam as informações que eram postadas. Hoje este número é muito menor e muitas vezes não chegam a 3%.

O fato é que nos dias atuais, o que tem gerado mais resultados quando se fala em Facebook, são os anúncios; talvez isso explique o porquê o tráfego orgânico das páginas tenha reduzido tanto.

O tráfego pago é uma ótima opção quando você utiliza com a estratégia correta, uma vez que custo de divulgação ainda é muito compensador se comparado ao retorno alcançado. A questão é que para ter sucesso em suas campanhas, você deve anunciar estrategicamente, caso contrário você não terá uma boa taxa de conversão.

Pense por exemplo, que uma empresa que deseja criar uma lista de e-mails para vender seus produtos; ela pode criar uma campanha no Facebook e oferecer um e-book gratuitamente; lembra do fotógrafo? Aqui seria um ótimo canal de geração de tráfego para criação de uma boa lista de e-mails.

Lembre-se que o Facebook é uma rede social enorme e com grandes possibilidades de novos negócios, desde que utilizada da forma correta.

Criar anúncios diretamente para vender produtos dá resultados, porém a sua taxa de conversão deverá ser menor se comparado a uma estratégia correta de conteúdo que utiliza uma lista de e-mails eficiente e que gera relacionamento.

Apenas para ilustrar, talvez você gaste 1000 reais em anúncios todo mês para ter um retorno de 2000 em vendas. Em um modelo correto de divulgação, você trabalha o cliente antes da venda, por isso, a expectativa é que o seu retorno seja muito maior, uma vez que o seu lead está bem mais qualificado.

Utilize o Facebook como um dos seus principais canais de comunicação com a sua audiência, mas utilize estrategicamente. Os resultados virão e você irá se surpreender com a força que as redes sociais tem de gerar novos negócios.

YOUTUBE

Talvez você esteja se perguntando, será que o meu negócio daria certo no Youtube? A resposta é simples:

Imagine que seu carro está precisando de uma boa revisão e eu sendo um bom mecânico, quero atrair você para a minha oficina. Em um belo dia, você está abrindo o youtube para ouvir uma playlist de músicas e você se depara com uma propaganda da minha empresa.

Em um vídeo, eu falo sobre a importância da revisão no seu automóvel e os riscos que você corre por não cuidar do seu carro. Eu te ofereço um conteúdo de muito valor e no final te mostro uma super promoção. Qual a probabilidade de você vir a minha oficina?

Será enorme!

Percebe que eu usei um nicho bem mais difícil para ilustrar o exemplo? Você já viu algum mecânico usando o Youtube para vender o seu produto? São raros.

Isso mostra a janela de oportunidade que temos diante das mídias sociais. Um vídeo muitas vezes vende mais do que textos ou imagens.

E o melhor é que isto serve para qualquer tipo de negócio; não importa qual o seu ramo de atuação; os seus clientes estão no Youtube consumindo conteúdo todo santo dia.

Aqui também entram as estratégias de conteúdo que são utilizadas no BLOG; você pode usar vídeos para responder perguntas e objeções do seu público e com isso, fazer a sua super oferta.

Se você como empresário quer se destacar no mercado, utilize o Youtube a apareça para o seu público. Você verá os resultados que os vídeos online podem ter no seu negócio.

INSTAGRAM

Uma rede social mais nova, mas em crescente expansão. O Instagram já atingiu a marca de 400 milhões de pessoas em todo o mundo. Cerca de 80 milhões de fotos são publicadas todos os dias e hoje, Instagram já ultrapassa o Twitter em número de usuários.

A grande sacada do Instagram está na facilidade do compartilhamento de informações; além de poder utilizar a base de dados do Facebook, as interações dos usuários com as publicações acabam sendo mais rápidas em razão do foco da plataforma ser exclusivamente em imagens, apesar de se compartilhar vídeos também.

Confira alguns bons motivos para usar o Instagram e gerar negócios para a sua empresa:

  • Utiliza a base de dados do Facebook com um enorme poder de segmentação.
  • No Brasil, as pesquisas mostram que o Instagram ganha um milhão de usuários por mês.
  • O Brasil é o segundo país em número de usuários, com 35 milhões. Só perde para os Estados Unidos.
  • Fornece a eficiência das #hashtags para se posicionar, um recurso que pode exibir a sua empresa diariamente para a sua audiência.

A demanda de novos negócios feitos pela plataforma tem crescido absurdamente todos os anos. Se você quer criar uma imagem de referência na cabeça das pessoas, esteja onde os seus clientes estão.

TWITTER

Como toda rede social, sempre haverão aqueles que tem preferência por uma plataforma ou outra; aqui não é diferente; os 140 caracteres são a paixão de muitos usuários que querem expressar as suas ideias e opiniões para os seus seguidores.

Aqui, diferentemente do Facebook, o número de seguidores tem mais importância uma vez que a sua mensagem sempre será direcionada para todo o seu público.

Portanto, se você traçar uma estratégia correta de vendas e tiver um bom número de seguidores, a ideia é que a sua mensagem tenha mais peso para a sua audiência e a sua oferta gere mais conversão.

A ideia do twitter é que sele seja mais uma fonte de compartilhamento de informações; ou seja, você irá replicar o conteúdo que você produz nas plataformas digitais. O Twitter ficará encarregado de levar seu conteúdo aos seus seguidores.

Procure seguir o máximo de pessoas possível dentro do seu nicho de atuação; isto gera um sentimento de reciprocidade e a ideia é que estas pessoas também te sigam.

Uma outra dica é selecionar os seus concorrentes e começar a seguir os seus seguidores. A chances de que eles também te sigam também são grandes.

O Twitter, assim como Facebook e Instagram, ainda te dá a possibilidade de trabalhar com anúncios segmentados para o seu público.

A escolha da melhor plataforma vai depender diretamente da sua audiência, do seu nicho de atuação e dos locais que você tem mais engajamento.

CHECKLIST

Seja no Facebook, Youtube, Instagram ou Twitter, o fato é que você precisa aparecer para o seu público, entregar conteúdos relevantes, resolver problemas e criar a sua autoridade.

Uma presença online de qualidade gera tráfego, e quando bem trabalhado, gera vendas. Você precisa estar nos 4 pilares da presença online e gerar novos negócios todos os dias.

Agora que você já entendeu a importância da internet para qualquer negócio, eu vou te apresentar um checklist completo para que você comece hoje mesmo a criar a sua presença online ou então aperfeiçoa-la.

Saiba exatamente onde a sua empresa precisa estar para conquistar mais clientes:

  • Site otimizado com SEO
  • Blog
  • E-book
  • Lista de E-mails
  • Facebook
  • Youtube
  • Instagram
  • Twitter

Se você não está atuando nestas plataformas, comece hoje mesmo a produzir conteúdo e gerar novos negócios.

Este é um dos melhores conteúdos que já escrevi sobre este assunto; espero sinceramente que ele te ajude a alavancar o seu negócio.

A propósito, se você quiser que eu te ajude pessoalmente a implementar esta presença online; preencha agora a sua aplicação.

Nos vemos na próxima!